Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Projeto Mulher, Filha & Mãe: Já viram as novidades no site?

Especialmente desde que recomecei de forma mais estruturada as atividades do Projeto Mulher, Filha & Mãe, várias foram as oportunidades de desenvolvimento do projeto. Alguns destes momentos foram destacados também aqui no blogue, mas no site já podem consultar de forma mais aprofundada e organizada as novidades sobre os projeto referentes aos últimos meses. 

 

Untitled.png

 

Lembrem-se que se vos fizer sentido, ou se conhecerem alguém que poderá beneficiar da implementação do Projeto Mulher, Filha & Mãe, não hesitem em entrar em contacto comigo através do seguinte email:

 

blog@mulherfilhamae.pt

Projeto Mulher, Filha & Mãe: Parceria com o Centro de Atividades Árvore dos Bebés.

Já anunciei no blogue alguns workshops em parceria com o Centro de Atividades para Grávidas, Bebés e Crianças - Árvore dos Bebés, mas a verdade é que ainda não tinha aqui anunciado a nossa grande parceria. 

 

Assim que me apercebi da sua existência e do tipo de atividades que desenvolvia, senti que tinha que contactar a equipa do centro!

Rapidamente obtive resposta, e após um encontro pessoal senti uma grande abertura para poder desenvolver o Projeto Mulher, Filha & Mãe

 

Quem me respondeu foi a Carolina! 

Uma colega de profissão, muito entusiasta pela área da saúde infantil, com uma larga experiência e conhecimentos na área, que se identificou de imediato com a necessidade de se desenvolverem mais projetos com foco na saúde mental perinatal. Decidiu que queria apostar em algo diferente, e assim avançou para o projeto - Árvore dos Bebés. Após alguns encontros desafiei-a a responder a algumas questões para o blogue para a ficarem a conhecer melhor. 

 

Carolina, o que é que a Árvore dos bebés trouxe de mais positivo para a tua vida?

A Árvore dos Bebés trouxe-me autorrealização. Depois de vários anos a trabalhar sob as “ordens” de outros, a possibilidade de construir algo meu e que posso partilhar com os outros segundo as minhas perspetivas deixa-me muito feliz. A concretização deste projeto trouxe-me também tempo de qualidade para estar com a minha filha e vê-la crescer, ao mesmo tempo que me possibilita oferecer-lhe diversas atividades que contribuem para o seu desenvolvimento psicomotor e espiritual, para que esteja em harmonia consigo e com o mundo.

 

E o que achas que traz de mais positivo à vida das pessoas que frequentam a Árvore dos Bebés?

Penso que a Árvore dos Bebés, em conjunto com o Páteo Orgânico, trouxe às pessoas um cantinho mágico no Bairro do Infantado. Ao entrarmos na Árvore dos Bebés/Páteo Orgânico sentem-se boas energias, paz, tranquilidade. No fundo uma geral sensação de bem-estar. Num mundo de stress e preocupações, o facto de termos um conceito muito próprio direcionado para as grávidas, bebés, crianças e famílias, faz com que as pessoas queiram partilhar a sua vida connosco, seja tomando um chazinho e comendo uma refeição biológica e vegetariana ligeira, seja participando ativamente nas nossas atividades, as quais promovem o bom desenvolvimento infantil e o bem-estar da população em geral, seja a titulo individual, como em família.



Para além de coordenadora da Árvore dos bebés, também acumulas funções de enfermagem, sendo especialista em saúde infantil e pediatria. Tendo em conta a larga experiência profissional que tens, e a recente experiência materna, consideras que a Mãe e Enfermeira Carolina é hoje diferente, da Enfermeira Carolina, antes de ser mãe? Se sim, em quê?

Penso que sim, embora não muito. Enquanto Enfermeira, Especialista ou não, sempre tive uma grande preocupação com o bem-estar do bebé, o que implica o bem-estar de todo o agregado familiar. A chegada da minha filha despoletou o meu lado mais maternal no sentido de que, não só os bebés e crianças doentes precisam do amor dos pais, mas também as crianças ditas saudáveis. Faz falta amarmos os nossos filhos, brincarmos com eles, vê-los crescer, amparar-lhes algumas quedas ou ajudá-los a superar obstáculos. Faz falta estarmos ATENTOS e PARTICIPARMOS na vida deles. Claro que a experiência enquanto Enfermeira me possibilita estar desperta para determinadas questões relacionadas com o desenvolvimento infantil, sendo isso uma mais valia para o desempenho da minha profissão, mas essencialmente, para ser MÃE.



No site da Árvore dos Bebés, referes que o projeto surgiu numa "noite de insónias" quando estavas grávida de 16 semanas. Hoje, quase um ano depois da elaboração desse sonho, e poucos meses depois da sua concretização, qual o balanço que fazes do projeto?

Não posso negar que nunca pensei que o trabalho e as preocupações fossem tantas quando, nessa noite de insónias, decidi que queria mudar a minha vida e chegar ao coração de mais famílias. Se no inicio a ideia era ter mais tempo para a minha filha, na verdade, isso tem sido possível. Mas para isso acontecer e para dar resposta às muitas solicitações diárias, há outras questões que se levantam: sou humana e o dia não tem mais de 24 horas…sendo que pelo menos 8 deveriam de ser para dormir. Mas não sou rapariga para me queixar, muito menos para desistir. E o que faço, faço com muito prazer porque sei que estamos a contribuir para que a vida das pessoas, dos bebés e das crianças seja melhor. Todos os feedbacks que recebo são lufadas de ar fresco, e amanhã é outro dia, em que vou ver a minha filha a sorrir ao acordar, em que vou ter Mamãs a agradecer pelas aulas, em que vou ter Amigos a dizer que tivemos uma ideia fantástica. Por isso o balanço é mais que positivo…é para continuar a fazer mais e melhor! Quando semeamos amor, vemos crescer felicidade em todas as direções. É esse o nosso Caminho.

 

IMG_1379.JPG

A Carolina e a Filha no Pateo Orgânico - um café à base de produtos biológicos e vegetarianos, com uma excelente energia e que está agregado ao centro.

 

Ficaram com curiosidade de as visitar?

Aproveitem os workshops que desenvolvemos em parceria! 

Datas anunciadas no facebook do blogue e da Árvore dos bebés

 

Logotipo-final-cor-NOVO.jpg

 

Apresentei de um poster científico sobre o Projeto Mulher, Filha & Mãe!

Foi hoje, num encontro da FNERDM - Federação Nacional de Entidades de Reabilitação de Doentes Mentais onde o foco de abordagem e reflexão se situava no presente e no futuro da saúde mental comunitária. 

 

Como podem ver no cartaz, foi um evento que contou com um forte painel de palestrantes, e com os quais muito aprendi! 

 

Para além do que aprendi, felizmente também me foi dada a oportunidade de partilhar dados relativos ao Projeto Mulher, Filha & Mãe. Infelizmente não houve tempo para questões, mas confesso que estava a aguardá-las com grande expectativa. 

Todas as criticas que ouvi relativamente ao projeto, desde a sua reflexão até aos dias de hoje, em muito têm contribuindo para o seu - e acima de tudo, para o meu - crescimento, e mesmo que por vezes discorde, a verdade é que hoje, sinto que foi mais um passo importante dado na direção da sensibilização da população para a área de saúde mental perinatal, assim como para a divulgação do projeto em si. 

 

foto2.jpg

Eu a começar a apresentação (os nervos eram evidentes, mas felicidade por poder estar ali a partilhar sobre o tema, era ainda maior!)

 

foto1.jpg

 

Não hesitem em contactar-me, quer para colocarem alguma sugestão, crítica, darem uma opinião, ou simplesmente para partilharem alguma questão que considerem ser relevante relativamente ao projeto. 

Muitos de vós já o fizeram, e todos os dias conto, e espero, que muitos mais o continuem a fazer! 

 

Para mais informações sobre o projeto:

www.projetomulherfilhaemae.pt

 

Para me contactarem:

blog@mulherfilhamae.pt

Relato Prático sobre o Projeto Mulher, Filha & Mãe: Quando, Onde e Como?

É com grande felicidade e entusiasmo que partilho convosco que pela primeira vez irei apresentar os resultados do Projeto Mulher, Filha & Mãe num encontro de cariz científico. 

 

A apresentação decorrerá sob a forma de comunicação oral no dia 26 de Novembro (Sábado) nas II Jornadas de Saúde Solidária dinamizadas pela Associação VoxLisboa. Uma associação que prima pelo desenvolvimento de trabalho voluntário na área da saúde e que em muito tem contribuído para o desenvolvimento sustentável de atividades de acompanhamento e de promoção da saúde física, mental e social das pessoas em situação vulnerável.

 

Espero trazer-vos mais novidades sobre o projeto em breve! 

 

Podem consultar mais informação sobre a Associação VoxLisboa no site:

http://www.voxlisboa.pt/

 

Podem consultar mais sobre as II Jornadas de Saúde solidária no evento:

https://www.facebook.com/events/1658550267791721/

 

 

Projeto 'Mulher, Filha & Mãe': Parceria com o Centro de Desenvolvimento Passo a Passo.

O Centro de Desenvolvimento Passo a Passo começou a apoiar novos projetos e eu pensei: "Porque não?". 

 

 

Enviei uma descrição do Projeto Mulher, Filha & Mãe e passado algum tempo o convite para reunirmos e falarmos mais sobre o assunto acabou por surgir. 

 

No Cento encontrei pessoas bastante disponíveis e atentas que me acolheram com grande disponibilidade. O objetivo era comum: aumentar a sensibilidade das pessoas para a saúde mental perinatal e dinamizarmos momentos para tal. 

E assim começámos a traçar o nosso percurso em conjunto. 

 

Após algumas reuniões, as propostas foram estruturadas, organizadas e adaptadas ao público em questão.

Neste momento temos várias propostas, especialmente de âmbito formativo, que serão brevemente anunciadas por mim e pelo centro de desenvolvimento. 

 

Estejam atentos! 

O Projeto 'Mulher, Filha & Mãe': O que é, para quem, onde, como e porquê?

Há pouco mais de um ano dei inicio ao Projeto Mulher, Filha & Mãe. 

Através do projeto consegui levar vários dos temas que vou abordando no blogue a várias instituições, empresas e particulares que queriam saber mais sobre saúde mental na gravidez e no pós-parto. E o melhor é que o feedback tem sido muito positivo. 

Os resultados foram bons, mas este ano quero que sejam ainda melhores! 

 

As informações expressas no vídeo e no resto do post espelham parte da essência deste projeto. 

 

Curiosos?

 

 

PROJETO MULHER, FILHA & MÃE 

 

O que é?

Consiste num projeto de âmbito preventivo que pretende sensibilizar para a saúde mental perinatal

 

Para quem?

Para qualquer um que esteja interessado, mas de preferência, para todos!

Sejam particulares com interesse no tema, profissionais de saúde, outro tipo de técnicos que trabalhem paralelamente à área em questão, ou qualquer outro.

 

Onde?

Em qualquer local que seja considerado necessário e/ou pertinente.

Qualquer tipo de instituição, organização, ou outro, que trabalhem (ou não) dentro do período perinatal, com famílias, mães e bebés, etc. Em escolas, centros clínicos, farmácias, cursos de preparação para a parentalidade, entre outros.

 

Como?

Basta contactar a autora do blog e do projeto – Ana Vale – através do seguinte email:

blog@mulherfilhamae.pt

 

Porquê?

Porque os desequilíbrios mentais e emocionais que surgem na gravidez e no pós-parto são muitos, são frequentes, e trazem com eles vários tipos de consequências para a mulher, casal, filho(s) e restante família e amigos. Há que prevenir (também) com a difusão de informação dentro desta temática na comunidade de forma ajustada, sem tabús, e com a possibilidade de esclarecimento de dúvidas e partilha de experiências.

 

 

Mais informações em:

www.projetomulherfilhaemae.pt