Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Crónicas da nossa Equipa Clínica: "10 conselhos para evitar estados de ansiedade e depressão"

No último texto explorei o tema: Nem todas as pessoas têm de gostar de nós! E coloquei-vos duas perguntas para reflexão… 

 

Sim, sabemos que não é assim tão simples. Todos gostamos de nos sentir queridos e amados. É mais fácil falar deste tema do que o sentir “na pele” e sim, também sabemos que existem pessoas “tóxicas” com as quais somos – pelos mais diversos motivos – obrigados a lidar. Mas para isso também partilho convosco 10 “conselhos” que podem ajudar-vos a gerir estas situações que tantas vezes provocam ansiedade e momentos mais depressivos:

 

Lembre-se: “Nem todas as pessoas têm de gostar de si!” Mas quem gosta realmente de si, gosta por aquilo que é, com os seus defeitos e com as suas qualidades.

 

Não mude só para agradar a outros! Agrade-se a si mesmo e isso poderá – consequentemente – agradar aos outros porque quem gosta de nós gosta de nos ver bem e felizes.

 

Aprenda a perceber quem é que realmente lhe faz falta. Estarmos rodeados das pessoas certas é um excelente antidepressivo.

 

Não preste demasiada atenção às opiniões dos outros. As opiniões mudam tão facilmente que não devem ser levadas de forma rígida e muitas vezes corremos o risco de interpretar de forma errada o que nos é dito. Valorizando o que não devíamos.

 

Levamos a vida a ouvir esta frase mas muitas vezes esquecemos: “Não faça aos outros aquilo que não gosta que o façam a si”.

 

Por algum motivo sabe que se vai cruzar com uma ou mais pessoas que considera “tóxicas”, por isso, vai preparado para a situação e antes de estar com essas pessoas ouça – as vezes que precisar – aquela música que lhe dá aquela energia positiva e que o faz sentir feliz. Quando sentir que a energia positiva se está a esvair trauteie mentalmente essa música como um mantra e verá que ajuda um pouco a gerir a situação.

 

Está obcecado com alguma opinião mais desfavorável que ouviu sobre si e não consegue desligar, há que atuar e mudar o foco. Dicas: Veja aquela série que o deixa sempre bem-disposto, veja aquele filme que o deixa sempre a rir à gargalhada, leia um livro que o absorva da realidade, coloque as suas músicas preferidas e dance como se ninguém o visse, vá passear àquele local que o faz espairecer, faça alguma atividade que sinta que o faz feliz. A vida é demasiado curta para perdermos tempo a massacrar-nos com o que não nos faz felizes!

 

Não viva preso aos amigos do passado apenas porque em certo momento da vida tiveram um papel importante. Podemos fazer amigos em qualquer fase da nossa vida. Valorize a amizade e os bons amigos que estão ao seu lado agora!

 

Uma das minhas preferidas! Faça uma lista de tudo aquilo por que está grato na vida! Vai perceber que as críticas que o podem magoar nem uma gota no oceano são perante tudo aquilo que tem para se sentir grato. A felicidade é uma escolha, nem sempre é fácil mas força, ela está em si! E se precisar de apoio nós estamos aqui!

 

10º … !

O décimo conselho é para ser preenchido por si e se quiser pode partilhá-lo connosco! 

 

 

 

* Crónica realizada por Isabel Sofia Pires (Terapeuta Familiar).