Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha e Mãe

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

do Mestrado em Saúde Mental e Psiquiatria que estou a adorar!

Desde que a conheci mais de perto, sempre me interessei bastante pela área da Saúde Mental. 

Penso que tem sido claro para todos que vão seguindo este espaço que é uma área com grande enfoque aqui no blog. 

 

Cedo tive a oportunidade de começar a desenvolver a minha prática dentro da área de Saúde Mental e depois de ter passado pela experiência no pós-parto que tive, ainda com mais sede de conhecimento fiquei. 

Com a intensa leitura e pesquisa sobre Saúde Mental no pré e pós-parto, com o desenvolvimento do blog e com o desenvolvimento da área em que vou exercendo, fazia-me todo o sentido aprofundar os meus estudos dentro da área.

E assim foi. Candidatei-me, entrei e há duas semanas que comecei o Mestrado em Saúde Mental e Psiquiatria e... estou a ADORAR!!!

 

 

 

 

Tive e tenho os meus receios, pois embora sejam 3 semestres, a verdade é que é tempo a menos que passo com a minha família e amigos. No entanto, também sinto que tenho o suporte familiar suficiente para poder seguir em frente com este rumo, e acima de tudo, sinto que tenho todos os motivos pessoais e profissionais para seguir em frente com a especialidade nesta área.

 

É certo que agora o tempo tem de ser dividido - e há medida que o tempo passar será cada vez mais assim - de forma mais organizada entre família, trabalho, mestrado e blog. É, provavelmente claro, que alguns já possam ter percecionado a menor quantidade de artigos que vou tendo oportunidade de escrever e publicar no blog. Mas espero que com o tempo também vos seja claro que os conhecimentos que vou adquirindo na área serão afincadamente publicados por aqui, de forma a que a base de informação que aqui seja construída, possa ser acessível para todos os que tenham interesse em saber mais sobre Saúde Mental Perinatal (especificamente). 

 

Estou entusiasmada. Estou bastante motivada. E espero sinceramente, que isto não me passe nos momentos de maior trabalho que irão equivaler e um muito menor número de horas de sono efetivas! ()

 

Conto com o vosso apoio! Certo?