Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha e Mãe

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Entrevista à Dra. Ana Telma Pereira #3

Na publicação da última parte da entrevista  a Dra. Ana Telma Pereira falou sobre a diferença entre blues pós-parto e depressão pós-parto.

 

Hoje, trago-vos a parte da entrevista que fala sobre o porquê da Depressão Perinatal ser tão importante de diferenciar, e o que a diferencia da Depressão, 'por si só'.

 

Já alguma vez se tinham questionado sobre isto? 

 

- Numa resposta anterior referiu que a depressão perinatal é como qualquer outra depressão clínica, que ocorre em qualquer outro período da vida. O que tem então de especial e importante a depressão perinatal?

 

Os principais indicadores (critérios de diagnóstico, sinais e sintomas) de depressão  não são diferentes no período perinatal. No entanto o período perinatal, devido à combinação única de stressores neuro-hormonais e psicossociais que ocorrem torna a mulher suscetível a perturbações emocionais, mais do que qualquer outro grande acontecimento de vida.

 

      A importância da depressão perinatal prende-se com o facto de, mais do que em qualquer outro período da vida da mulher, ser um problema estigmatizante, ser sub-identificada e sub-diagnosticada e acarretar consequências muito graves para toda a família, nomeadamente para o desenvolvimento e saúde dos filhos.

Além disso, também mais do que em qualquer outro período, oferece variadas e excelentes oportunidades para ser atempadamente identificada, pois a gravidez e o pós-parto são provavelmente o período da vida em que uma pessoa tem mais contactos com os seviços de saúde.

 

Podemos dizer, como referimos no nosso livro, que “é o contexto em que ocorre e o seu impacto negativo para os filhos que torna a depressão perinatal um tema especial e importante”

 

___________________________________________________________________________________________

*Ana Telma Pereira

Psicóloga; Investigadora Auxiliar no Serviço de Psicologia Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (Director: Prof. Doutor António Ferreira de Macedo)

Coordenadora do Projecto Rastreio, prevenção e intervenção precoce na depressão perinatal nos cuidados de saúde primários

Financiado pelo Programa Iniciativas de Saúde Pública, EEA-Grants (MFEEE 2009-2014)