Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Movimento Depressão Pós-Parto - Não precisas de ter filhos para aderir!

Ao contrário do que presumo que muitos possam pensar, podem aderir ao movimento mesmo não tendo passado pela experiência da maternidade/paternidade. O objetivo é conhecer a opinião de todos os que a quiserem dar sobre o tema. Não precisam de escrever textos grandes, mas se assim o quiserem fazer, força! Basta uma frase, uma imagem, o que considerarem mais correto para nos transmitirem o que é que sabem sobre Depressão Pós-Parto

 

A autora do blog Us4all também aderiu ao #movimentodepressãopósparto, mesmo não sendo mãe e aqui está a sua opinião, e pelos vistos, está muito bem informada! 

 

E vocês, o que sabem sobre o assunto? Já alguma vez tinham pensado sobre o que sabem sobre Depressão Pós-Parto?

blog@mulherfilhamae.pt

 

o que é que tu sabes sobre dpp.jpg 

 

"Na verdade penso que é um tema pouco explorado, só agora recentemente se começa a ouvir falar mas acho que é um tema ainda muito sensível. Toda a gente assume que a mulher deve estar feliz por ter um ser para amar, alguém que a completa, que corresponde aos padrões socialmente impostos, mãe, mulher, trabalhadora... mas a verdade é que o confronto com a realidade deve ser muito duro e cada vez mais. Estamos habituadas a uma vida mais independente hoje, a casar mais tarde a gerir a nossa vida de forma mais independente e de um momento para o outro sentimos que o nosso corpo muda, a nossa rotina muda, a casa, o grupo de amigos, a família... tudo sofre grandes alterações imagino eu. As rotinas são afectadas... tudo isso são motivos que, a par das alterações hormonais, devem ser tão mas tão difíceis de gerir e equilibrar e que nada têm a ver com o amor por um filho."

1 comentário

Comentar post