Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha e Mãe

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Música e Dança: Dois aliados no desenvolvimento dos nossos bebés!

Sempre acreditei na música e na dança como dois benéficos aliados do desenvolvimento dos nossos bebés!

 

Não tenho certificação técnica de base para o atestar cientificamente, mas afirmo-o enquanto ser individual e agora, enquanto Mãe. 

É verdade que sou suspeita, pois como já referi aqui desde que me conheço que a música e a dança sempre fizeram parte do meu dia-a-dia. 

 

Atualmente, a música que preenche os meus dias é maioritariamente dotada de notas infantis, mas claro que sempre que posso tento ter os meus momentos para deixar florescer a minha identidade musical e ouvir o que também me preenche.

A dança... bem a dança que outrora exerci já há muito de forma plena, dedicada e pré-profissionalizada, já não faz parte do meu dia-a-dia. É mais a dança que muitas vezes tenho de fazer entre umas tarefas e outras para conseguir chegar ao final do dia e/ou da semana com tudo o que pretendo, realizado. Contudo, o encanto, o espírito e o afeto pela mesma forma de arte/desporto, mantém-se e penso que se manterá até ao fim dos meus dias. 

 

Desta forma, a presença constante destas duas vertentes na minha vida sempre me fez refletir no quão benéficas ambas poderiam ser a vários níveis, preconizando há muito, a mesma presença na vida da minha filha.

Observo diariamente o seu benefício no local onde trabalho com uma população mais idosa.

Observo diariamente o seu benefício nas pessoas à minha volta.

E hoje, observo o seu benefício com a minha filha, dia após dia. Cada vez mais. 

 

Identifico algumas músicas que a minha filha reteve e cada vez que são cantadas (mesmo com aquela voz de cana rachada que eu e outras pessoas próximas têm...):

  • Chamam imediatamente a sua atenção.
  • A fazem chegar mais perto de quem a rodeia e em quem confia, mais facilmente;
  • A fazem relaxar e encontrar mais rapidamente o seu equilíbrio quando está mais irritada;
  • A fazem sentir reconfortada e acompanhada;

 

Apostar no estímulo da minha filha através da música nesta fase mais sensorial é sem dúvida alguma benéfico, e algo que tenho tido a oportunidade de presenciar todos os dias. Acalma-se mais facilmente, interage mais facilmente e penso eu de que, também deverá facilitar a sua aprendizagem. Algo que não consigo atestar por agora, mas que fiz questão de ir esclarecer junto de uma especialista na área: Tatiana Dolores - Coordenadora do Centro Embalaiê: a dança pelo desenvolvimento infantil.

 

A mesma desenvolveu um artigo sobre os benefícios da música e da dança no desenvolvimento infantil que irá partilhar connosco brevemente! 

 

Estejam atentos. 

 

IMG_20150616_181330.jpg

Madalena ao som de "Dá um abraço dá" de André Sardet - Uma das suas favoritas!