Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha e Mãe

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Reiki e as nossas emoções.

Encontrei este artigo numa revista, e ao lê-lo, senti que o devia partilhar! 

Fala sobre a forma como lidamos, quase que normalmente, com as nossas emoções - mas que de natural, tem pouco - e como o Reiki nos pode ajudar a lidar com a gestão das mesmas.

 

 

Á medida que crescemos  e experimentamos novas situações e sentimentos, alguns deles negativos e bem marcantes, vamos fazendo exatamente o que nos foi ensinado: guardar, esconder e abafar. É assim que aprendemos a lidar com as nossas emoções. Acumulando e guardando muitos dos nossos sentimentos negativos. Com isto, os sentimentos de amor, carinho, empatia, solidariedade, todas as nossas emoções positivas são cercadas. 

 

O nosso centro das emoções, o coração, está aberto só por uma frestinha, somente o necessário, o mais seguro. Mas, isso tem o seu preço. Além de experimentar a vida só um pouco, agora muitos de nós não conseguem nomear o que sentem, muito menos porque sentem.

 

O Reiki é uma técnica suave e natural que nos ajuda a encontrar uma maneira melhor de lidarmos com as nossas emoções. Dizemos que a energia Reiki é uma energia inteligente, ela vai para onde e quando for necessária. A sua alta vibração energética desaloja as mais densas, ou seja, os sentimentos negativos guardados e escondidos são modificados suavemente para alcançarem um  nível mais elevado ou se dissiparem. Um a um, esses sentimentos vão-se apresentando para serem trabalhados. 

Com a ajuda do Reiki, temos o suporte para identificar e aprender a lidar com eles de forma mais consciente e saudável.

 

O artigo encontra-se na revista Reiki e Yoga nº6, pági. 34.