Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Mulher, Filha & Mãe.

Sensibilizar (para) e apoiar (na) ansiedade e depressão na gravidez e no pós-parto

Saúde Mental no Pré e Pós-Parto: Dados que dão que pensar!

O período da maternidade tende a ser visto como um momento de bem-estar para a mulher e respetiva família. Porém, um número significativo de mulheres vivencia sintomas perturbadores que podem tornar esta experiência uma das piores das suas vidas.

 

 

Com exeção da doença cardíaca, a depressão é a doença crónica que mais afeta as mulheres, as quais apresentam uma vulnerabilidade maior para esta patologia nos anos reprodutivos (entre os 18 e os 44 anos), assim como apresentam o dobro da probabilidade de sofrer da depressão por si só, comparativamente aos homens. Estudos longitudinais revelam que a duração mediana dos episódios varia entre três a doze meses, salientando que a sua cronicidade (com duração de 24 meses ou mais) ocorre entre 10 a 30% dos casos.

 

Esta doença é também a principal causa de internamento não obstétrico nas mulheres nestas idades. Sendo estes os anos em que a maioria das mulheres tem filhos, existe uma possibilidade elevada de muitas estarem deprimidas durante o período perinatal.

 

Estes dados dão que pensar... não dão?

 

 

Fonte