Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mulher, Filha e Mãe

Porque a saúde mental na gravidez e no pós-parto importa!

Mulher, Filha e Mãe

Porque a saúde mental na gravidez e no pós-parto importa!

Saúde mental perinatal: participação em artigo no Jornal de Notícias Magazine!

07.10.18 publicado por Mulher, Filha e Mãe

Saiu hoje, no Jornal de Notícias Magazine, um artigo sobre BluesDepressão e Psicose Pós-parto, onde fui convidada a participar pela Jornalista Sofia Filipe (autora do artigo) para partilhar algumas considerações sobre o tema. 

 

IMG_20181007_182126.jpg

 

Aconselho vivamente a sua leitura para quem quiser saber mais sobre o tema e tomar conhecimento de alguns testemunhos reais de mulheres que vivenciaram esta problemática na primeira pessoa.

 

Conta com a participação de vários profissionais que investigam e trabalham na área da saúde mental perinatal, e apesar das alterações psicopatológicas do pós-parto não se cingirem às mencionadas no artigo (Baby Blues, Depressão Pós-Parto e Psicose Pós-Parto), as que foram abordadas, dão ao leitor uma noção geral e real da forma como as mesmas podem vir a manifestar-se, e algumas das consequências que podem advir do seu desenvolvimento, quer para a mulher, quer para o casal e família. De uma forma resumida, o artigo fala também da Depressão Pós-Parto masculina, indicando alguns sinais que as mulheres e os homens podem e devem estar atentos! 

 

Gostei bastante de o ler, e confesso que, apesar de ter contacto com diversas realidades nesta área, impressiono-me sempre como é que em pleno século XXI, com tantos avanços em tantas áreas, ainda temos colegas que sugerem não ser necessário apoio psicoterapêutico a mulheres diagnosticadas com depressão pós-parto, uma vez que, "ainda não apresentam tendências suicidas", tal como foi descrito no artigo, entre outras questões que tão claramente denunciam a necessidade de aposta, formação, sensibilização e supervisão nesta área

 

Caso não consigam aceder à Notícias Magazine que sai com o Jornal de Notícias, enviem-me email que eu envio-vos o artigo para lerem. Vale a pena ler e partilhar! 

 

centro@mulherfilhaemae.pt